291 282 590 | 2ª a 6ª - 8h30 às 21h00 - sábado - 8h30 às 18h00

Saiba quais são as causas da recessão gengival

A recessão gengival caracteriza-se por um deslocamento da margem gengival e  consequentemente a exposição da raiz do dente.

Mas esta condição pode então resultar então numa maior suscetibilidade para a cárie radicular, a hipersensibilidade dentária, a acumulação de placa bacteriana,  o aparecimento de doença periodontal e compromete a estética.

A recessão gengival é uma condição que normalmente resulta de uma combinação de diversos fatores tais como os fatores predisponentes e externos que abaixo passamos a descrever:

Fatores predisponentes (características anatómicas locais que favorecem o seu aparecimento):

• Pouca quantidade de gengiva aderida (gengiva fina)
• Perdas ósseas localizadas
• Posição do dente na arcada dentária
• Inserções altas dos freios labiais
• Oclusão traumática

Fatores externos:

• Placa bacteriana
• Trauma mecânico relacionado com a escovagem
• Tratamento ortodôntico
• Trauma químico (ex.: tabaco)

1. Trauma por escovagem

A força exercida durante a escovagem, a dureza das cerdas da escova, a técnica de escovagem e a frequência com que é trocada a escova fazem com que este seja um dos principais fatores que contribui para o aparecimento de recessões gengivais.

2. Placa bacteriana e inflamação gengival

Com a exposição da raiz do dente é frequente uma maior acumulação de placa bacteriana (tártaro) o que leva a uma inflamação da gengiva e, consequentemente aumenta a progressão da recessão gengival.

A presença destas recessões gengivais dificulta o posicionamento da escova porque compromete a remoção eficaz da placa bacteriana no local.

3. Posição dentária

Assim, o mau posicionamento dentário faz com que este dente, na maior parte das vezes, esteja rodeado por uma gengiva muito fina e que favorece o aparecimento de recessões gengivais.

4. Inserção do freio

A presença de freios labiais altos provoca uma tração excessiva da gengiva e dificulta a escovagem. Esta situação pode ser corrigida cirurgicamente.

5. Tratamento ortodôntico

O tratamento ortodôntico só está contra indicado em pacientes com má higiene, pois a presença de placa bacteriana provoca inflamação da gengiva e favorece o aparecimento das recessões gengivais durante o decorrer do tratamento.

6. Espessura da gengiva

As pessoas com gengivas finas têm uma maior suscetibilidade para o aparecimento de recessões gengivais.
E porque é importante identificar a/as causas associadas ao aparecimento da recessão gengival de forma a evitar a sua progressão e se possível criar condições para que esta seja corrigida cirurgicamente.

%d blogueiros gostam disto: