Branqueamento Dentário

Este procedimento denominado por branqueamento dentário, resume-se ao ato de clarear os dentes, de forma a obter um tom mais claro e homogéneo.

Os dentes são expostos diariamente a alimentos que levam à sua pigmentação interna e externa, cuja remoção apenas é possível pela realização de um branqueamento.

O branqueamento é feito pela aplicação de um gel inserido numa moldeira, cujos elementos penetram na superfície do dente, apenas necessitando de um controlo médico periódico. Em situações em que se pretende um efeito branqueador mais rápido, por forma a acelerar a reação do produto branqueador no dente, tornando o seu efeito mais rápido, realizando este tratamento em apenas uma sessão.

Em qualquer um dos casos, os tratamentos de branqueamento devem ser precedidos de uma observação clínica, de forma a estabelecer a indicação ou contraindicação deste tratamento; nem todos os tipos de manchas ou descolorações são reversíveis; nesses casos partimos para outras soluções estéticas. A estética e o cuidado com a imagem são cada vez mais as razões da visita ao dentista e o branqueamento dentário um tratamento cada vez mais procurado pelos seus excelentes resultados.

Branqueamento Externo

A estética e o cuidado com a imagem são cada vez mais as razões da visita ao dentista e o branqueamento dentário um tratamento procurado pelos seus excelentes resultados.

Este procedimento resume-se ao ato de clarear os dentes, de forma a obter um tom mais claro e homogéneo, onde é feita a aplicação de um gel numa moldeira, cujos elementos penetram na superfície do dente, apenas necessitando de um controlo médico periódico.

Como qualquer ato médico deve ser avaliado previamente pelo médico dentista, de forma a estabelecer a indicação ou contraindicação deste tratamento.

Nem todos os tipos de manchas ou descolorações podem ser alterados, como tal para esses casos, são aconselhadas as facetas dentárias.

Alerta: pacientes com problemas dentários, lesões de cárie, desgastes, sensibilidade dentária e outros podem necessitar de tratamentos prévios ao branqueamento.

De um modo geral, os efeitos secundários mais frequentes são a sensibilidade dentária e algum desconforto gengival que desaparecem algum tempo após o tratamento.

Pacientes que possuam restaurações e próteses dentárias poderão sentir a necessidade de as substituir no final do branqueamento, uma vez que o agente branqueador não atua na cor das restaurações, apenas na estrutura dentária vital.

Branqueamento Interno

O branqueamento interno é um tratamento realizado em dentes que se encontram escurecidos devido à desvitalização dentárias, na maior parte dos casos, como também traumatismos dentários (pancadas e acidentes).

O branqueamento interno é um tratamento realizado em dentes desvitalizados que acabam por escurecer.

Este tratamento é realizado de forma especifica no dente escurecido aplicando um agente internamente. Como tal, este tratamento só poderá ser realizado em clínica.

A ação branqueadora não é imediata podendo demorar uma semana.

Contacte-nos

Marque agora a sua consulta com os melhores profissionais.