9 CONSEQUÊNCIAS ASSOCIADAS AO RANGER/APERTAR DOS DENTES

9 CONSEQUÊNCIAS ASSOCIADAS AO RANGER/APERTAR DOS DENTES

9 CONSEQUÊNCIAS ASSOCIADAS AO RANGER/APERTAR DOS DENTES

Ranger e ou apertar dos dentes, conheça as consequências.
1. Desgaste dentário e/ou aparecimento de fissuras ou linhas de fratura na superfície dos dentes

Assim, os dentes ficam progressivamente mais curtos. E, muitos indivíduos queixam-se que têm restaurações que partem facilmente de forma recorrente.

 2. Rigidez e/ou sensibilidade nos músculos da face

Por outro lado, a tensão associada ao ranger/apertar está ligada à acção mastigatória de determinados músculos da face. Assim, a hiperatividade destes músculos traduz-se em fadiga.

 3. Dores de cabeça (Cefaleias de Tensão)

 De igual modo, a hiperatividade muscular dos músculos da mastigação poderá causar dores de cabeça.

 4. Desconforto na Articulação Temporo-Mandibular

 Assim, alguns indivíduos relatam períodos de dor na região das articulações temporo-mandibulares ou dor no pavilhão auricular. Outros sintomas relacionados com este desconforto são: a limitação da abertura da boca, limitação dos movimentos mastigatórios.

 5. Diminuição do rendimento da mastigação

Deste modo, devido ao desgaste das peças dentárias (aplanamento ou encurtamento dos dentes) e à limitação dos movimentos de mastigação (com dor associada), a mastigação torna-se limitada e mais difícil de se processar.

 6. Retracção da gengiva

 7. Sensibilidade dentária

 8. Mobilidade dentária excessiva

 Por conseguinte, o aumento da mobilidade dentária poderá conduzir à perda prematura de peças dentárias.

 9. Alterações do sono

Por fim, no caso do Bruxismo Noturno, o apertar/ranger dos dentes é acompanhado por microdespertares durante o período de descanso. Neste caso, existe uma desfragmentação do sono e este deixa de ser reparador.

FAÇA JÁ A SUA MARCAÇÃO DE CONSULTA 

Leave comment